GOI prende autores de esquartejamento

0
6315

Equipe do GOI (Grupo de Operações e Investigações) encontrou a casa onde ocorreu o crime de esquartejamento de Fernando Nascimento dos Santos, 22, localizada à Rua Augusta Rossini Guidi, 103, Jardim Sumatra, Campo Grande. Foi mais uma ação positiva contra o crime.

Foi um trabalho investigativo que resultou na identificação e prisão dos autores do crime que chocou a população campo-grandense. A equipe trabalhou exaustivamente até que os responsáveis pela barbárie fossem presos.

Logo no inicio da manhã a equipe se deslocou até a residência onde ocorrera o crime. Em novas buscas os investigadores  encontraram, dentro de uma fossa desativada, a faca e um estilete utilizados na execução do crime. O achado foi comunicado ao Delegado Hoffman,  que estava de plantão no DEPAC PIRATININGA.

Com a investigação em curso foi localizada a casa de Ueslei de Oliveira Rodrigues, que além de confessar o homicídio, constava como evadido do sistema prisional no sistema oficial SIGO,

Após essa prisão os investigadores receberam informação de um colega do DENAR (Delegacia Especializada de Repressão ao Narcotráfico) que os outros dois envolvidos estariam em uma casa no Bairro Moreninhas, na Avenida Araticum. Nº 843. Ao chegarem ao local, três pessoas evadiram pelos fundos da residência pulando os muros. Os investigadores do GOI, juntamente com o Delegado Hoffman, fecharam o cerco da quadra toda e com ajuda de populares entraram nas residências até encontrar os fugitivos.

O GOI efetuou a detenção de Paulo Danilo Correa da Silva, Wellington Ferreira de Souza e Danilo Richele da Silva Fernandes. Na residência também estavam duas mulheres: Karolina Mendes Chiodi e Thalia Cristina Mendonça Góis, além de porções de cocaína e maconha e uma balança de precisão,

Que os envolvidos, juntamente com os ilícitos, foram conduzidos para esta DEPAC PIRATININGA, Já na delegacia os autores do homicídio acima qualificados (Danilo, Wellington e Ueslei) confessaram suas participações no crime. A motivação para o crime ainda não foi esclarecida.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here