Homem de 39 anos procurou a Delegacia de Polícia Civil de Costa Rica na manhã de quinta-feira (8), para denunciar o roubo de sua caminhonete modelo GM Blazer, supostamente ocorrido ontem à noite. A vítima disse ter sido agredida com uma “gravata” por quatro suspeitos ao sair de um bar localizado perto da igreja do bairro Vale do Amanhecer.

De acordo com ele, os criminosos também levaram um relógio. A polícia investiga o caso, de forma a tentar descobrir, inicialmente, a veracidade dos fatos, uma vez que o denunciante havia acionado a Polícia Militar ontem para relatar os fatos, mas como estava muito embriagado, mal conseguiu esclarecer o que havia acontecido e quase não pôde mostrar aos policiais onde morava.

Ao deixá-lo em casa, os militares foram informados pela esposa que ele havia saído horas antes. Diante do estado de embriaguez, a equipe orientou que ele esperasse até a manhã desta quinta, para que tivesse condições de dar um relato mais detalhado da ocorrência. Na delegacia, ele chegou a ser encaminhado à Fundação Hospitalar para análise da lesão sofrida durante o roubo. O caso é investigado. Com informações do site  MS Todo Dia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here