Uma ação integrada promovida pelo Núcleo de Segurança do Paciente e Educação Permanente da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) vai propor o estímulo ao cadastro e à doação de medula óssea com a realização de coleta de sangue na próxima segunda-feira (12), na unidade, entre 7h30 e 12h.

Segundo a enfermeira Deise Cristina da Silva, responsável pelo núcleo, a ação acontece em parceria com acadêmicos de Enfermagem da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (Uems) e com o Hemocentro Dourados. A equipe da campanha faz o cadastro e coleta 5 ml de sangue do doador, este que assina uma autorização para o cadastro.

As pessoas interessadas em participar do evento e fazer parte do cadastro de medula precisam comparecer com os documentos pessoais no dia da campanha. É preciso ter idade entre 18 e 55 anos e não ter doença infecciosa ou incapacitante (estar em bom estado geral de saúde).

“O objetivo é chamar a atenção da população para a necessidade do cadastro nacional de medula óssea, visto que uma em cada 100 mil pessoas é compatível. Quando não existem doadores consanguíneos é importante que haja no cadastro pessoas compatíveis. A adesão ao cadastramento em volume de pessoas é muito importante”, explicou Deise, que ressaltou que o lema da campanha é “Doe Medula, Você Também Salva Vidas”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here