Um homem de 43 anos, suspeito de matar a esposa grávida com uma panela de pressão, foi preso em Matriz de Camaragibe, na região Norte de Alagoas. Ele também é suspeito de matar outros dois homens.

De acordo com a Polícia Civil, Antônio Carlos dos Santos, foi preso no último sábado (10) e confessou o crime.

“Ele falou que matou a mulher durante uma briga em casa com uma panela de pressão. E os outros dois homens foram mortos porque não quiseram dar abrigo para ele, deram comida, deram roupa, mas disseram que não queriam ele lá, que ele fosse embora, ai ele disse que os matou ‘no cacete’”, disse o chefe de operações Mariano Sobrinho, do 93º Distrito Policial do São Luís do Quitunde.

O G1 informou que o primeiro crime aconteceu há cerca de 20 dias.

A vítima, Maria Cristiane dos Santos, 34, estava grávida de 5 meses quando foi morta espancada com a panela de pressão na frente do filho do suspeito, de apenas 7 anos.

O outro crime foi cerca de 10 dias depois. Os corpos dos homens, que eram agricultores e foram identificados como Cícero Pedro e Genival Alves de Amorim, foram encontrados na zona rural do município. A polícia revelou que o suspeito furtou uma quantia em dinheiro, se vestiu com roupas das vítimas e tentou fugir novamente.

Antônio Carlos dos Santos também ameaçou outras duas pessoas: a mãe da mulher, e o ex-companheiro da vítima.

O suspeito foi levado para o Centro Integrado de Segurança Pública (CISP) de São Luís do Quitunde e deve responder por quatro homicídios, o da esposa e da filha, que ainda estava em sua barriga, e dos dois homens.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here