Santos pede R$ 40 milhões por Bruno Henrique

0
326

O Santos recebeu sondagens e propostas pelo atacante Bruno Henrique, mas não ficou satisfeito com nenhuma delas. Por isso, o clube paulista estipulou um preço por seu camisa 11. Para negociá-lo, o alvinegro praiano pede R$ 40 milhões. O Cruzeiro, por exemplo, ofereceu metade deste valor mais uma lista de jogadores que contava com Sassá, mas os santistas recusaram.

O valor oferecido pelo Cruzeiro é o mesmo que o Santos pagou para tirá-lo do Wolfsburg, da Alemanha, no início de 2017. Na ocasião, o clube paulista pagou 4,5 milhões de euros por Bruno Henrique, divididos em quatro parcelas. O clube ainda precisa pagar a última parte.

O presidente José Carlos Peres alega que o Santos tem sete clubes interessados em contratar Bruno Henrique. O dirigente não descarta negociar o seu atacante e espera aproveitar os “muitos interessados” para fechar a melhor venda possível.

“Tem sete times interessados Bruno Henrique. Ideia é manter o time e reforçar. Se bem que eu gosto de fazer leilão, fiz com Rodrygo, e saiu de dez milhões de euros (R$ 43,9 milhões) e chegamos ao valor (R$ 197,5 milhões, do Real Madrid)”, disse o presidente José Carlos Peres, em reunião no Conselho Deliberativo.

Vale ressaltar que o Santos não recebeu nenhuma proposta que se aproxime do valor de R$ 40 milhões que o clube pretende receber.

Além do Cruzeiro, que ofereceu compensação financeira e uma lista de atletas por Bruno Henrique, o Santos conversa com o Flamengo. O problema é que o clube carioca vive processo eleitoral e a situação, que manifestou o interesse pelo santista, não sabe se continuará no comando do clube.

Os clubes interessados em Bruno Henrique certamente avaliam a temporada 2017, quando o atacante foi o artilheiro do Santos no ano com 18 gols em 53 jogos. Os bons jogos o levaram a ser cogitado publicamente por Tite na seleção brasileira. No entanto, a convocação não ocorreu.

Se o ano passado foi considerado o melhor da carreira de Bruno Henrique, 2018 é para ser esquecido. O camisa 11 sofreu uma grave lesão no olho direito em janeiro e ficou afastado do futebol por três meses. Quando retornou, o ainda sofreu com lesões musculares e dores no joelho.

Nesta temporada, Bruno Henrique marcou apenas dois gols em 34 partidas. Ele amarga um jejum de 17 jogos sem marcar. O último gol foi na vitória por 2 a 1 sobre o próprio Cruzeiro, em 15 de agosto, no Mineirão, pelo segundo jogo das quartas de final da Copa do Brasil. Depois, o atacante perdeu pênalti nas cobranças, e o Santos acabou eliminado. Com informações da Folhapress.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here