Derrotada nas eleições de 2018 para deputada federal, Carla Stephanini (PMDB) também assumiu uma vaga na Câmara Federal dos deputados, em Brasília (DF), para um mês de trabalho. A nova parlamentar tomou posse na quinta-feira (3) e publicou em suas redes sociais ao lado do presidente da Casa, deputado Rodrigo Maia (DEM).

O primeiro a assumir a vaga temporária foi Junior Coringa (PSD), que entrou no lugar do deputado federal Luiz Henrique Mandetta (DEM), que deixou o mandato para ser Ministro da Saúde. Já Stephanini assumiu no lugar de Tereza Cristina (DEM), que também deixou o cargo na Câmara para o governo federal, como Ministra da Agricultura.

Por este um mês de trabalho, Stephanini receberá o salário de R$ 33,7 mil, cota parlamentar de R$ 40,5 mil, além do direito de contratar 25 assessores.

Apesar do período curto de atuação, a parlamentar afirma que há muito o que ser acompanhado ainda. “Temos que acompanhar a finalização de tratativas de projetos do mandato da Tereza Cristina e ficar vigilantes com relação aos restos que o Estado de Mato Grosso do Sul deverá receber”.

Stephanini também afirmou que durante este período pretende fazer contato com embaixadas de outros países para “trocar experiências em relação ao combate a violência contra a mulher”. “Quando eu estava à frente da Subsecretaria da Mulher de Campo Grande fizemos contato com a embaixada no Canadá para ampliar nosso conhecimento e pretendo fazer o mesmo agora, com outros países”.

Para a parlamentar, os menos de 30 dias de trabalho, o mandato termina no dia 31 de janeiro, são classificados por ela como importante. “O período pode ser curto, mas estamos vigilantes, não posso protocolar projetos por estarmos em recesso parlamentar, mas o parlamente tem que estar completo para o caso de haver uma eventual convocação. Portanto é uma necessidade constitucional”, declarou.

Em seu primeiro dia como deputada federal, Carla Stephanini afirmou que visitou a ministra Tereza Cristina e que hoje conversou com o ministro Mandetta, ambos de Mato Grosso do Sul. A parlamentar volta a Campo Grande na noite desta sexta-feira (4), porém na próxima semana retorna a Brasília. Com informações do Midiamax.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here