O Vereador Veterinário Francisco Gonçalves de Carvalho, líder da bancada do PSB, teve quatro emendas aprovadas que totalizam R$ 1,6 milhão em prol da causa animal. Essas emendas fazem parte do Projeto de Lei 9.087/2018, a LOA (Lei Orçamentária Anual), que trata da despesa do município de Campo Grande para o exercício financeiro de 2019.

Com esse recurso, argumenta o Parlamentar do PSB, a implantação  da UPA-Vet, além da ampliação dos programas de castração de cães e gatos e microchipagem, sonhos serão transformados em realidade.

A aprovação dessas emendas vai ajudar significativamente no controle populacional de cães e gatos “e o meu sonho e o sonhos de todos os protetores de animais finalmente sairá do papel a UPA- Vet bem equipada”, explica o parlamentar.

Para a implantação da UPA-Vet (Unidade de Pronto Atendimento Veterinário) foi assegurado recurso da ordem de R$ 1 milhão. Esse montante será destinado ao atendimento público eficaz aos pequenos animais, especialmente aqueles em que seus proprietários não possuem condições financeiras para arcarem com os custos de clinica veterinária particular. Consequência disso é a promoção de políticas do bem estar animal.

O líder da bancada do PSB enfatiza que essa emenda foi elaborada em conjunto com o vereador Eduardo Romero (REDE).

Outra emenda aprovada prioriza a implantação de programa de castração canina em bairro de vulnerabilidade social e o valor é de R$ 200 mil. Essa emenda tem por finalidade o controle da população canina.

Veterinário Francisco explica que a reprodução inconsequente agrava o problema do abandono e os maus tratos. A solução viável para amenizar o problema, realça o Vereador, é a castração realizada com base em critérios de responsabilidade e da medicina veterinária.

Microchipagem.

Além dessas duas emendas foram ainda aprovadas recursos na ordem de R$200 mil para aumentar em 10% o número de cães e gatos microchipados anualmente.

Veterinário Francisco salienta que essa medida ajudará no controle e fiscalização da posse irresponsável facilitando o Poder Público na tomada de medidas punitivas.

Castração

A última emenda, no valor de R$ 200 mil, segundo ele, é para ampliar a castração de felinos para 20% da população estimada para a espécie que é 7.200/ano

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here