Em 2018, a Polícia Federal de Corumbá apreendeu 185 kg de cocaína na região de fronteira entre Brasil e Bolívia. A maior parte da droga, vinda do país andino, entra pelo município pantaneiro, onde então, é distribuída para o restante do Brasil. Os dados são de um levantamento feito pela PF.

Além da cocaína, principal droga apreendida na região, seja no limite da fronteira entre os dois países, como também na principal via que liga Corumbá com o restante do Brasil, a BR-262, foram aprendidos 530 comprimidos de ecstasy.

O que mais chama a atenção da PF, é que a maioria da droga apreendida estava em poder de estrangeiros, grande parte, bolivianos, por conta da fronteira entre Corumbá e as cidades da Bolívia.

Só no ano passado, 37 pessoas foram presas em flagrante por tráfico de drogas, sendo deste total, 21 estrangeiros, segundo o levantamento.

Maior apreensão em 2018

Uma das maiores apreensões de droga na região, foi realizada no dia 19 de novembro. Três estrangeiros, de origem boliviana, estavam em um ônibus de viagem que fazia a linha Puerto Quijarro- São Paulo.

O flagrante aconteceu durante fiscalização de rotina da Polícia Federal, no Posto Lampião Aceso, na BR-262, quando policiais deram ordem de parada ao ônibus e realizaram a abordagem e buscas pelo veículo com a ajuda de um cão farejador.

Em um compartimento do bagageiro do ônibus foram encontrados cerca de 55 kg de cocaína. A droga, que estava em um fundo falso, pertencia a um dos passageiros. Também havia o  envolvimento dos dois motoristas do ônibus, que esconderam as malas com a droga entre a lataria e o chassi do veículo.

530 comprimidos de ecstasy

Já os 530 comprimidos de ecstasy estavam em poder de uma brasileira e de uma boliviana, que foram presas em maio, quando tentavam trazer a droga em um ônibus vindo de Goiânia/GO, com destino à Corumbá. Toda a droga teria como destino a cidade de Santa Cruz de La Sierra, na Bolívia.

Denúncia

Qualquer pessoa que tiver informações sobre estes ou outros crimes de competência da Polícia Federal pode entrar em contato pelos canais de denúncia anônima da PF de Corumbá, nos telefones (67) 3231-7800 e (67) 99162-0279 (também no aplicativo WhatsApp). O sigilo é garantido. Com informações do Diário Corumbaense.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here