Veterinário Francisco defende UPA-VET para o bem-estar animal

0
184
Foto: Izaias Medeiros

Todos já ouviram as lendas do Saci-Pererê, da Mulher de Branco e da mula-sem-cabeça. A construção da UPA-VET (Unidade de Pronto Atendimento Veterinário), em Campo Grande, está nesse mesmo hall de lendas. Só que dessas histórias algumas pessoas afirmam que existe, mas a UPA-VET ainda está somente no imaginário de tutores, protetores e Ongs.

Para sensibilizar a Prefeitura de Campo Grande a tirar a UPA- VET da lenda que virou, o vereador Veterinário Francisco Gonçalves de Carvalho (PSB) está promovendo a campanha “#UpaVetJá”. “A UPA- VET já foi e continua sendo feita como palanque político. Tem emendas aprovadas que era para ser usados em 2018 que sumirão. Não sei se é má vontade política ou alguém dentro da prefeitura que está travando esse projeto”, explica o Parlamentar.

De acordo com o Veterinário Francisco, todo o dia as clinica veterinárias recebem vários animais vitimas de atropelamento. Um levantamento feito em cinco clinicas veterinárias de Campo Grande apontou que são atendidos uma media de três a quatro animais (cães e gatos).

Segundo o vereador Veterinário Francisco, a construção da UPA-VET está sendo discutido desde 2012 e em 2015 foi aprovado um projeto autorizativo na Câmara de vereadores de Campo Grande para que fosse construída a unidade. Lembra que em março de 2018, o prefeito Marquinhos Trad (PSD) anunciou durante evento no CCZ (Centro de Controle de Zoonoses e Bem Estar Animal) a construção com entrega em até seis meses.

Outro ponto importante destacado pelo líder da bancada do PSB, é que a UPA Veterinária já teve recursos na ordem de R$ 1 milhão previsto na LOA para ser utilizado no ano de 2018 e mais R$ 200 mil referente à castração de cães e gatos, além de 80 mil reais.

O vereador Veterinário Francisco chegou a cobrar o pagamento das emendas parlamentares na ordem de R$ 1,2 milhão para a implantação da UPA-Veterinária e projeto de castração de cães e gatos para o secretário municipal de Finanças e Planejamento Pedro Pedrossian Neto que na época garantiu o pagamento.

Pedrossian Neto informou durante audiência de apresentação do Relatório de Gestão Fiscal do 2° Quadrimestre 2018 que iria fazer um cronograma de desembolso na mesma semana para fazer o pagamento das emendas que continuaram na promessa.

Segundo o vereador Veterinário Francisco, as emendas aprovadas em 2017 na ordem de R$ 1,2 milhão eram para ser paga até o dia 31 de dezembro de 2018. “Estamos aguardando até hoje”, comentou, deixando bem claro que não está nada satisfeito com o tratamento que vem recebendo.

Nesse ano, no dia 8 de janeiro foi publicado no Diogrande (Diário Oficial de Campo Grande) o veto de quatro emendas do vereador Veterinário Francisco em prol da causa animal na ordem de R$ 1,6 milhão que seria usado com castração de gatos e cães, microchipagem e para a UPA-Veterinária.

Para a implantação da UPA-VET, foi aprovado à emenda na ordem de R$ 1 milhão que também foi vetada pela Prefeitura. Esse recurso seria destinado ao atendimento público eficaz aos pequenos animais, especialmente aqueles em que seus proprietários não possuem condições financeiras para arcarem com os custos das clinicas veterinárias particulares. Consequência disso é a promoção de políticas do Bem- Estar Animal. Essa emenda foi em conjunto com o vereador Eduardo Romero (REDE).

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here