A Associação dos Construtores de Mato Grosso do Sul (ACOMASUL) participou na quarta-feira, (13), em um hotel em Brasília, de um café da manhã com cerca de 200 parlamentares entre deputados federais e senadores. O evento foi promovido pela Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC) para destravar e alavancar o setor da construção civil, que gera no Brasil 10 milhões de empregos e movimenta 9,9% do PIB. 

O projeto 1 Milhão de Empregos Já apresentou propostas que serão debatidas no Congresso para melhorar o ambiente de negócios e a retomada de investimento. “A única forma de se sair de uma crise macroeconômica é via emprego, por isso nós queremos convidá-los para esse projeto que visa a retomada do emprego formal”, explicou o presidente da CBIC, José Carlos Martins.

Associações de Construtores de 18 estados ligadas à Federação Nacional dos Pequenos Construtores (FENAPC) convidaram a bancada federal de suas respectivas Unidades da Federação. A ACOMASUL contou com a presença das deputadas federais Rose Modesto e Bia Cavassa (PSDB), deputado federal Beto Pereira (PSDB), o deputado federal Dagoberto Nogueira (PDT), e o deputado federal Luiz Ovando (PSL). O senador Nelsinho Trad (PSD) e a senadora Soraya Thronick (PSL) mandaram representantes, assim como o governo de Mato Grosso do Sul.

“Precisamos que os políticos entendam as nossas expectativas e nossa importância para a economia dos municípios. Estamos otimistas em relação aos projetos do novo governo federal para o setor da construção civil”, afirma o presidente da Acomasul, Adão Castilho.

Os pequenos construtores são responsáveis por 42% dos imóveis financiados pelo Programa Minha Casa Minha Vida. Só em Mato Grosso do Sul, o segmento gera quatro mil empregos diretos.

Marcos Anelo – Assessor de Comunicação da ACOMASUL

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here