Inaugurado em fevereiro de 2012, o hangar da Polícia Rodoviária Federal (PRF) trouxe agilidade às operações que necessitam de apoio aéreo via helicóptero. As operações ocorrem em todo estado, incluindo as regiões de fronteira, onde se concentram as ocorrências mais importantes na luta contra o narcotráfico .

A base inicial contava apenas com 1 (um) piloto, limitando bastante o uso da aeronave. Além disso, a área não estava totalmente de acordo com as necessidades exigidas.

Após novos esforços, uma nova licitação foi concluída, sendo  construído e iniciada a operação do novo hangar no mesmo local do antigo, o aeródromo de Santa Maria. Atualmente, possui uma área maior para hangaragem de aeronaves, área de pouso e decolagem (heliponto) e um espaço social reservado aos visitantes. Além de uma melhor comodidade, o novo hangar passou a ter menos custos que o anterior.

Com nova estrutura, a PRF conta com 3 (três) pilotos comandantes, 1 (um) copiloto e 5 (cinco) operadores de equipamentos especiais. A aeronave disponível é o helicóptero de modelo Bell-407. Há estudos para compra de novas aeronaves, mas sem data de substituição.

Quando necessário, a PRF atende toda a região Centro-Oeste, dedicando 60% do tempo em operações regionais e 40% em outros estados.Com informações do Núcleo de Comunicação da PRF;

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here