Futuro ministro levará à pasta profissionais que, de alguma forma, atuaram na operação de combate à corrupção

Principal símbolo das ações de combate à corrupção implementadas pela Lava Jato, o juiz federal Sergio Moro deverá levar o modelo de atuação da operação ao Ministério da Justiça, que assume em janeiro.

Os principais sinais são as nomeações de delegados e integrantes da Polícia Federal para cargos-chave da pasta, entre os quais Maurício Valeixo, Luiz Pontel de Souza, Rosalvo Ferreira, Fabiano Bordigon e Erika Marena – todos atuaram de alguma forma na Lava Jato.

Ainda sobre as nomeações para a Justiça, o atual chefe da Segurança Pública, Raul Jungmann, afirmou à Folha de S. Paulo que Moro precisa diversificar. “Até aqui se apoiar na PF é se apoiar em uma das maiores polícias do mundo. Mas Moro deve diversificar, para melhorar a articulação. É preciso contar com municípios também e com estados”, disse.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here