O Brasil está concentrado na missão de reduzir a violência doméstica que vitima mulheres, idosos, crianças e adolescentes. Todas as instituições oficiais, organizações privadas, órgãos de segurança, de saúde, de assistência social e a imprensa de todo o país, enfim, há um movimento focado nessa meta e agindo em diversas situações, seja de prevenção, de denúncia, de punição aos responsáveis e, principalmente, de apoio e atenção especial às vítimas dessas agressões, sejam elas físicas ou morais.

Mesmo assim, os números continuam alarmantes. Segundo dados oficiais, cerca de 167 mulheres são vítimas de violência a cada hora no Brasil. Não que as agressões tenham aumentado, mas, com certeza, porque cresceu vertiginosamente o volume de denúncias.

PONTA PORÃ – Mas, em Ponta Porã, pessoas (jovens, adultas ou idosas) que passam por situação de risco, ou vulnerabilidade, têm atenção especial oferecida através do Fundo de Apoio à Comunidade (FAC), com o projeto Mãos que Fazem, lançado em 2017 e coordenado pela primeira-dama do município, Vânia Peluffo.

Por sua vez, sempre atuando em favor da comunidade e protagonizando ações que favoreçam justamente aqueles que precisam de maior atenção, a Associação Comercial e Empresarial de Ponta Porã (ACEPP), voltou a celebrar nova parceria com a Prefeitura Municipal de Ponta Porã.

Para isso, a presidente da ACEPP, Fabricia Dias, recebeu, na quarta-feira (20), a primeira-dama, Vânia Peluffo e sua secretária, Aline Lima, para definir detalhes da parceria. Como voluntária, Fabricia Dias ministrará, na próxima quarta-feira (27) um curso rápido de fitas e adereços para pets. O ensinamento será oferecido para mulheres, sobretudo mães, que participam de outras atividades oferecidas pelo projeto na Escola Municipal Manoel Martins, no Bairro da Granja. Assim, além de receber novos conhecimentos e da atividade também oferecer uma terapia ocupacional, as mulheres poderão reforçar seus orçamentos domésticos com a produção desse material. A ACEPP deverá participar de outras iniciativas, neste mesmo sentido, no decorrer do atual mandato.

Edmondo Tazza – MTE/MS 1266

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here