Mato Grosso do Sul continua violento no trânsito. Nos primeiros três meses de 2019, mais de 60 pessoas foram vítimas nas vias do Estado, conforme os dados divulgados pela Sejusp (Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública).

Segundo a estatística, no período, foram 64 óbitos registrados em MS, sendo onze deles em Campo Grande. Apesar dos números ainda serem considerados altos, são menores do que no mesmo período do ano passado.

A negligência no trânsito persiste, mesmo com implantações de campanhas e leis mostrando que é um problema que precisa ser combatido. Em 2018 não foi muito diferente, já que 70 pessoas morreram no trânsito, sendo 14 delas na Capital.

Uma das vítimas foi o guarda municipal Everton Alves da Silva, 30 anos, morto após bater a motocicleta que pilotava contra uma árvore no mês passado, na Avenida Gury Marques, em Campo Grande. Ele teria pedido para sair mais cedo do trabalho para resolver problemas em uma universidade.

Everton pilotava uma motocicleta CB 300 de cor roxa, perdeu o controle do veículo e bateu em uma árvore. Conforme o registro policial, no local não havia marcas de frenagem do veículo. Equipes do Samu (Serviço de Atendimento Médico de Urgência) e do Corpo de Bombeiros foram até o local, mas a vítima já não apresentava sinais vitais,

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here