A OPO (Organização de Procura de Órgãos) da Santa Casa de Campo Grande realizou duas captações de órgãos durante a semana passada. A primeira aconteceu na última quarta-feira (8) e, na oportunidade, foram captados rins e córneas. A segunda captação aconteceu na quinta-feira (9), e foram doados rins, fígado e córneas, totalizando cinco órgãos e quatro tecidos captados.

Os rins da primeira captação foram encaminhados para o Rio Grande do Sul devido a incompatibilidade no Estado. As córneas foram encaminhadas para o Banco de Olhos do hospital para análise, avaliação e depois serem disponibilizadas para transplantes.

Na segunda captação, o fígado foi encaminhado para Brasília com ajuda da FAB (Força Aérea Brasileira). Um dos rins foi para o Goiás e outro permaneceu na Santa Casa para ser transplantado. As córneas da paciente permaneceram no Banco de Olhos do hospital para serem avaliadas para transplantes.

A equipe da OPO do hospital são os responsáveis pelo acolhimento dos familiares e, posteriormente, fazem a abordagem sobre a possibilidade da doação. Sendo de interesse dos familiares, o próximo passo é a busca de possíveis receptores feita pela CET (Central Estadual de Transplante), não existindo condições de transplante no Estado, a busca é realizada no Sistema Nacional de Transplantes.

Localizados os receptores compatíveis, inicia-se uma operação de precisão, que necessita cumprir horários rigorosamente para que sejam respeitados os prazos máximos necessários para que cada órgão seja transplantado com a menor margem de erro possível.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here