Fibromialgia será tema de audiência pública na Câmara

0
381

Ainda pouco conhecida, a fibromialgia é uma síndrome invisível, caracterizada por dor crônica em vários pontos do corpo, especialmente nos tendões e nas articulações. A patologia, relacionada com o funcionamento do sistema nervoso central e o mecanismo de supressão da dor atinge, em 90% dos casos, mulheres entre 35 e 50 anos.

Visando conscientizar a população campo-grandense sobre a importância de conhecer a síndrome e identificar, além de implantar políticas públicas efetivas, que garantam tratamento e, consequentemente, mais qualidade de vida aos portadores da doença, a vereadora Enfermeira Cida Amaral (Pros), promove no dia 29 de maio, às 9h, no Plenário Endroim Reverdito, da Câmara Municipal de Campo Grande, a audiência pública “Fibromialgia – Conscientizar para (Con)viver Bem”.

“Embora seja uma das mais de 80 doenças autoimunes que atinge a população brasileira, pouco se sabe sobre a fibromialgia. Por isso, vamos promover esse debate, para que as pessoas tenham conhecimento sobre o assunto e para quebrarmos a barreira do preconceito em torno de quem sofre com a doença”, pontuou a vereadora.

Vice-presidente da Comissão Permanente de Saúde da Casa de Leis, Enfermeira Cida propôs em abril deste ano, projeto de lei que institui o “Dia Municipal de Conscientização e Enfrentamento à Fibromialgia”. A proposta segue em tramitação na Casa de Leis. “Precisamos criar políticas públicas efetivas, que garantam mais qualidade de vida e bem-estar às pessoas que sofrem com a doença. A nossa proposta estabelece ações do Município em parceria com a sociedade civil organizada, buscando a conscientização sobre diagnóstico, tratamento e legislações aplicáveis”, explica a parlamentar.

A audiência pública contará com a participação de especialistas no assunto, portadores da síndrome e é aberta a toda a população.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here