O Dia Nacional da Adoção é comemorado neste sábado (25). Em Três Lagoas, existem 15 crianças e adolescentes na fila aguardando para serem adotadas, e quatro famílias já habilitadas e inscritas no Cadastro Nacional da Adoção (CNA). Outras famílias estão na fila, porém ainda não tiveram habilitação.

Atualmente, em Três Lagoas, existem 45 crianças e adolescentes nas três unidades de acolhimento. Entretanto, nem todos estão na fila para adoção. Em alguns casos os familiares conseguem a guarda da criança novamente. Em duas casas, ficam crianças de 0 a 12 anos. Na outra, adolescentes de 12 a 18 anos. No entanto, quando o acolhido completa maior idade, ele perde o direito de permanecer na unidade. No município, tem alguns nessa situação.

Por esse motivo, a equipe do Poder Judiciário de Três Lagoas, responsável por esse processo, tem trabalhado e incentivado a adoção tardia, e tem conseguido obter sucesso.

Segundo dados do Sistema de Automação da Justiça (SAJ), no período de 2015 a agosto de 2018, foram realizadas na comarca de Três Lagoas 67 adoções. Deste total, 39 foram adoções tardias de crianças a partir de quatro até 17 anos. Neste montante também estão inclusos grupos de irmãos, com experiências realizadas pela equipe de Três Lagoas, de inserção de até quatro irmãos em uma família.

Segundo a psicóloga judiciária, Luciana Baptista existe uma série de critérios para uma pessoa, ou família conseguir adotar uma criança. O primeiro, passo, segundo ela, é o interessado, maior de 18 anos, procurar o Fórum, preencher um cadastro. Após aprovação dos pré-requisitos, analisados pelo juiz da 1ª Vara da Infância, o candidato vai passar por entrevistas e avaliações com a equipe multidisciplinar do Fórum, com psicólogo, assistente social, e precisa frequentar as reuniões do Grupo de Apoio à Adoção (Graata), por seis meses. Depois de preencher todos os pré-requisitos necessários, e estando habilitando, o interessado, tem o nome incluído no CNA.

O prazo para finalização do processo, segundo Luciana, depende muito do perfil da criança ou adolescente que a pessoa mostra interesse. Crianças com menos de três anos e brancas, são as que levam tempo maior para o interessado conseguir.

Ana Cristina Santos/JPNews

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here