A Polícia Civil de Rio desencadeou a Operação Depuração, com a finalidade de cumprir 12 mandados de busca e apreensão, sendo 6 em Rio Brilhante e 6 em Dourados, e 4 mandados de prisão temporária. Os alvos das prisões foram 3 empresários e o gerente do setor de compras da Prefeitura de Rio Brilhante. A investigação apura os crimes de fraude em licitação e de associação criminosa.

De acordo com as investigações, as fraudes ocorriam em processos de dispensa de licitação, com apresentação de orçamentos falsos de duas empresas, para que a empresa do autor do crime fosse contratada diretamente pela Prefeitura de Rio Brilhante.

O esquema criminoso era feito em três frentes: materiais publicitários, peças automotivas e materiais de escritório.

Durante as buscas realizadas, diversos aparelhos de telefone celular, computadores e documentos foram apreendidos.

Valmir Roberto Dias

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here