O projeto idealizado pelo tenente-coronel QOPM Waldomiro Centurião Machado, integrante da PMMS, consiste no aprimoramento de um artigo consagrado na Constituição Federal:

Art. 144. A segurança pública, dever do Estado, direito e responsabilidade de todos, é exercida para a preservação da ordem pública e da incolumidade das pessoas e do patrimônio.

Estimular a participação de todos os segmentos da sociedade, no entendimento do proponente dessa iniciativa, é uma forma altamente eficaz para a redução do índice de criminalidade colocando na cadeia os criminosos.

Por se tratar de uma iniciativa pioneira, o tenente-coronel PM Centurião, com aproximadamente 30 anos de atuação na Polícia Militar do Estado de Mato Grosso do Sul, está convencido de que ‘a contribuição do cidadão (ã) através de denúncia vai tornar mais célere o trabalho da polícia, bem como dos Órgãos de defesa social’.

O trabalho de divulgação dos telefones de emergência e dos Disque Denúncia, em pontos estratégicos, segundo ele, visa estimular a denúncia com a garantia plena do anonimato. Qualquer tipo de violência, segundo ele, poderá ser feita via telefonema grátis.

Além da afixação de Cartazes em pontos considerados estratégicos nas localidades em que será implementado, se verificará ainda blitz educativa e de conscientização a ser realizada pelas Unidades Policiais da localidade, assim como pelos parceiros que aderiram ou aderirão ao projeto.

A operacionalização da implementação do projeto ficará sob a coordenação e supervisão do Comandante da Organização PM, assim como a sua execução.

O projeto em questão já foi colocado em prática nos municípios de Ponta Porã, Aral Moreira e Antonio João registrando resultado altamente positivo no ano de 2017.

Posteriormente, o Comandante de Policiamento de Area 1, da região do Cone Sul, Coronel QOPM Givaldo de Oliveira Mendes, após a defesa da implementação do projeto pelo Tenente Coronel PM Centurião, deliberou favoravelmente a consolidação do projeto na Região Sul do Estado, área circunscricional de sua competência, no intuito fomentar a participação do cidadão no combate a criminalidade através do DISQUE DENÚNCIA, dando a sua parcela de contribuição no contexto da Segurança Pública, assim como no campo social.

Estadualização

Existe agora o interesse da Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública e do Comando da PMMS em expandir essa iniciativa do tenente-coronel Centurião, para todos os municípios sul-mato-grossenses.

A popularização dos telefones de emergência e dos Disques Denúncias, num total de 10, conforme o autor da proposição disse ao informativo da UCDB, o que se pode depreender é que permitirá uma resposta mais célere na elucidação de crimes, assim como proporcionará a persecução criminal, e uma atuação mais preventiva e repressiva por parte dos Órgãos de Segurança Pública e de Defesa Social com o apoio dos cidadãos.

O Tenente Coronel Centurião frisou ainda, o projeto se funda na disponibilização de uma informação pública, compacta, simples e de fácil acesso, e que se justifica pela falta de informação por parte da população das ferramentas de utilidades públicas, e pela falta de interesse público, pois tem-se a compreensão de que os problemas que comprometem a Segurança Pública, o bem estar social, a qualidade de vida dos cidadãos, trata-se de responsabilidade social, razão pela qual o cidadão tem que participar dando a sua parcela de contribuição, DENUNCIANDO!

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here