O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) prevê que nesta quinta-feira (11) a umidade relativa do ar deve ficar em 25% em boa parte de Mato Grosso do Sul. Nesse patamar é enquadrada como nível de atenção na escala da Organização Mundial de Saúde (OMS) e, segundo a médica Andréa Cunha, membro da Sociedade Brasileira de Pneumologia, com esse índice já ocorrem reflexos na saúde da população.

“Abaixo dos 30% as pessoas já começam a sentir. Principalmente os extremos de idade, que são as crianças e os idosos, além daquelas pessoas que já têm algum problema respiratório, os alérgicos principalmente. Então, as pessoas já começam a sentir sequidão nos olhos, no nariz, podem sofrer sangramento nasal, piora das infecções respiratórias, desconforto respiratório e por aí vaí”, disse a médica em entrevista ao “Papo das Seis”, do Bom Dia MS.

Andréa comentou que neste período de baixa umidade do ar, uma das principais medidas que podem ser adotadas pela população para prevenir doenças respiratórias é evitar locais com grande aglomeração de pessoas.

“O que acontece é que a baixa umidade do ar dificulta o movimento dos cílios respiratórios, que varrem a sujeira e as infecções para fora. Então, com a aglomeração de pessoas, circula uma quantidade maior de vírus, de bactérias e como os cílios não fazem a varredura respiratória se acumula secreção e isso facilita o risco de transmissão de uma infecção. Por isso, nessa época do ano é o período em que temos mais incidência de gripe e de pneumonias, justamente por conta do clima frio e seco. As pessoas tendem a ficar mais quietinhas, aglomeradas e com tudo fechado, se cria, então, uma situação propícia para epidemias de gripes, por exemplo”, explicou.

Para prevenir as doenças respiratórias neste período ou dificultar sua transmissão a médica recomenda uma série de cuidados. “Tem de lembrar de tomar água, dois litros ou mais e se estiver resfriado evitar de ir nesses lugares [com grandes aglomerações de pessoas]. Se estiver tossindo, tampar a boca e ter sempre um álcool em gel para fazer a higiene das mãos, além de lavar o nariz com soro fisiológico, que ajuda a umidificar”, aponta.

Com informações do G1MS.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here