A Delegacia Especializada de Repressão ao Narcotráfico (Denar), incinerou na manhã desta sexta-feira (12), nos fornos de um frigorífico, localizado no Rodoanel Rodoviário de Campo Grande, 232 quilos de drogas.

Os entorpecentes destruídos com autorização judicial foram apreendidos em ações de repressão ao narcotráfico, realizadas pela Denar e demais forças policiais na capital e entorno. A maior parte, 226 quilos é de cocaína, o restante de maconha.

Antes da incineração, peritos da Coordenadoria-Geral de Perícias de Mato Grosso do Sul colheram amostras aleatórias das drogas e realizaram testes químicos para comprovar a pureza das dos entorpecentes a serem destruídos.

Esta é a terceira incineração realizada em 2019 pela Denar, que já destruiu 17,5 toneladas de drogas que foram tiradas de circulação pelas polícias em Mato Grosso do Sul, sendo que quase 400 quilos são de cocaína e 17,1 toneladas de maconha e derivados.

A incineração realizada hoje em Campo Grande contou com as presenças do delegado titular da Denar, Gustavo Ferraris, de representantes do Ministério Público e Poder Judiciário, da Coordenadoria-Geral de Perícias de Mato Grosso do Sul e da Vigilância Sanitária.

Denúncias de ocorrências de tráfico de drogas em Campo Grande podem ser feitas pelos telefones (67) 3345-0000 ou (67) 3345-0001, ou ainda diretamente na Denar, na Rua Assef Buiainain, 144, no Jardim Itatiaia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here