Após denúncia da prática ilegal de caça na região do Cachoeirão, município de Terenos, Policiais Militares Ambientais de Campo Grande foram até o local ontem(14) e após patrulhamento, puderam em um rancho de pesca, localizar o infrator e constatar diversos ilícitos.

Na casa do infrator (42), residente em Cachoeirão, foram encontrados dentro de um freezer três animais silvestres já limpos, sendo duas pacas com sinal de perfuração de arma de fogo e um tatu galinha (espécie em extinção). Encontraram também oito quilos de pescado, sendo um exemplar da espécie jurupoca com tamanho inferior ao permitido por lei.

Todo o pescado e as caças foram apreendidos juntamente com um rifle calibre .22, um revólver calibre .38, 51 munições calibre .22, cinco munições calibre .38 (sendo duas estrangeiras), 10 munições calibre .380 e duas tarrafas (petrecho proibido).

Ele recebeu voz de prisão e foi encaminhado juntamente com o material apreendido, à delegacia de Polícia Civil de Terenos, onde foi autuado em flagrante pelos crimes de posse ilegal de arma de fogo, caça e pesca ilegais. Se condenado poderá ser apenado pela pesca ilegal de um a três anos de detenção. Para a caça a pena é de seis meses a um ano de prisão. Ele também foi autuado administrativamente e multado em R$ 6.860,00 pela caça e pesca predatória.

Ednilson Queiroz

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here