Atuação de Deputado fortalece o agronegócio no MS

0
41

O Agronegócio, setor que representa a base da Economia Sul-Mato-Grossense, já corresponde a mais de 95% das exportações do Estado, segundo dados do Ministério da Agricultura. Uma diversidade de fatores foram determinantes para o fortalecimento do setor, que manteve a economia do Estado estável enquanto o Brasil enfrenta um longo período de crise.

Uma análise da história recente na evolução do agronegócio revela que alguns personagens desempenharam um papel determinante na composição do atual cenário econômico. Uma delas é a Ministra da Agricultura Tereza Cristina, que foi secretária estadual, eleita Deputada Federal e hoje é apontada como a ministra mais influente no Executivo Nacional.

O segundo personagem é o deputado estadual Marcio Fernandes, que iniciou recentemente sua jornada em território nacional ao se tornar presidente da Secretaria Nacional de Agricultura da Unale (União Nacional dos Legisladores e Legislativos Estaduais), sendo o interlocutor de todos os parlamentares do Brasil quando o assunto é o agronegócio. A ocupação desses importantes cargos nacional evidencia os esforços de aplicar em todo o Brasil o modelo que deu certo em MS.

Formado em Medicina Veterinária, desde 2007 Marcio Fernandes preside a Comissão de Agricultura da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul, um grupo de trabalho que tem a atribuição de debater, avaliar projetos de lei e representar os temas ligados ao agronegócio em todo o Mato Grosso do Sul.

Em 2019 Marcio Fernandes criou e passou a presidir a Frente Parlamentar de Defesa do Agronegócio, que reúne cidadãos, entidades civis e públicas e promovem um debate permanente com especialistas, produtores, empresários e o poder público.

“A diferença básica entre uma frente parlamentar e uma comissão é que a comissão tem a atribuição de avaliar e dar parecer aos projetos apresentados, sendo que todo projeto relacionado ao setor rural deve passar pela comissão, enquanto a frente parlamentar é um ambiente de debates e idéias, onde ouvimos todas as pessoas, seja do Executivo, da sociedade, especialistas e até mesmo aqueles que não tem qualquer ligação com o tema, mas que possam de alguma forma contribuir na construção de projetos. A partir desse diálogo, as idéias são convertidas em leis, projetos ou outras ações concretas. No fim, a atuação da frente parlamentar e a comissão se completam”, explica o Deputado, que também atua nas frentes parlamentares da Pesca, Suinocultura, Regularização Fundiária, Segurança Alimentar, Conservação Ambiental e Recursos Hídricos, todas interligadas e que contribuem com o equilíbrio entre o desenvolvimento e a sustentabilidade.

Somado a essas ações, Marcio Fernandes é um dos parlamentares que mais apresenta projetos que impactam positivamente no fortalecimento do agronegócio. Foram diversas leis, proposições e recursos enviados aos municípios. Destacam-se as ações pela desburocratização, redução de impostos, investimentos em infraestrutura e doação de equipamentos agrícolas. De acordo com Marcio Fernandes, “não adianta apenas produzir, é preciso ter equipamentos, estradas em boas condições para o escoamento, programas de financiamento e até mesmo uma política tributária justa que nos coloque em condições de competir com outros estados e outros países. As nossas terras são abençoadas, mas o cenário é muito mais complexo e é preciso olhar para cada detalhe que envolve o sucesso do agronegócio, que apesar do fortalecimento, é bastante dinâmico e traz novos desafios a todo momento”.

A expectativa, mantendo-se a atuação dos agentes sul-mato-grossenses em destaque nacional, é o fortalecimento das ações em todo o Brasil e a continuidade do desenvolvimento econômico de Mato Grosso do Sul, com a consolidação de um ambiente global cada vez mais favorável ao Brasil.

Fernando Hassessian

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here