A Santa Casa de Campo Grande tem registrado nos últimos anos constantes reduções nos números de acidentes de trabalho com os profissionais de enfermagem do hospital. Comparando os anos de 2013 com 2019, neste ano foi contabilizado a redução de 73% das ocorrências entre os meses de janeiro a setembro e quando comparado o ano de 2018 com 2019, no mesmo período houve uma redução de 54% nos índices.

O Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e Medicina do Trabalho (SESMT) do hospital registrou no ano de 2013 exatos 132 acidentes com trabalhadores da área da enfermagem e, em 2019, os técnicos de segurança do trabalho, Giorlando Ramires e Thais Oliveira, conseguiram por meio de ações, como o cumprimento das Normas Regulamentadoras do MTE (Ministério do Trabalho e Emprego) reduzir esse número para 35, conforme ilustração no gráfico a baixo. Em 2018, de janeiro a setembro foram registrados 77 acidentes, uma amostra das reduções por meio da conscientização da equipe assistencial associada ao uso correto dos EPIs (Equipamentos de Proteção Individual).

De acordo com o técnico de segurança do trabalho do SESMT, Giorlando Ramires, os esforços feitos pela categoria assistencial de enfermagem no intuito de reduzir cada vez mais os riscos de acidentes de trabalho são importantes para a segurança do trabalhador. “Como um dos técnicos responsáveis pela categoria de enfermagem gostaria de parabenizar esses trabalhadores, reconhecendo o empenho de todos nesse resultado que é tão importante para nós como empresa e, principalmente, para eles que são os profissionais que eram tão afetados nesses acidentes de trabalho. É preciso dar continuidade no uso correto dos EPIs”, comenta o técnico.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here