Investigadores do GOI (Grupo de Operações e Investigações) receberam informação via CIOPS (Centro Integrado de Operações de Segurança Pública) sobre a existência de um corpo no córrego, na Avenida Presidente Ernesto Geisel, em frente ao Shopping Norte Sul.

 

Ao checarem a veracidade da informação, os policiais perceberam sinais de sangue pelo chão, roupas manchadas de sangue em um percurso que iniciava na residência localizada à Rua Canoa do Sul, 85, Vila Taquarussu, onde foi encontrado o proprietário da residência, Edvaldo Rodrigues Dantas da Silva.

Após abordagem, ele (o proprietário)  disse que teria feito uma festa regada à bebida alcoólica e cocaína, e que entre os convidados estariam alguns indivíduos conhecidos pelas alcunhas de Gordo, Zé e Zoio (após buscas nos bancos de dados policiais, foi possível qualifica-los)

Questionado sobre a presença da vitima fatal, Roney Cezario dos Santos, Edvaldo confirmou que este estava na festa e disse ainda sobre um desentendimento entre Gordo (Cecílio Cespede da Silva Conceição) e a vitima.

Em diligencias, após encontrar e ouvir as testemunhas, os investigadores e o delegado plantonista chegaram à conclusão, com base nos vestígios encontrados no local investigado, que a vitima teria sido morta dentro do quintal da residência.

Edvaldo relatou que estava arrumando algumas coisas na residência quando ouviu barulho e gritos no quintal, que encontrou a vitima morta e o autor (Cecílio) dizendo que o tinha matado, além de confirmar que consumiram bebida alcoólica e drogas, que se desentendeu com Roney, e que por isso desferiu vários golpes de faca na vitima,.

Ainda conforme relato do autor, após a confirmação do óbito, contou com a ajuda de Edvaldo para  arrastar o corpo até o córrego, no intuito de oculta-lo.

Edvaldo foi preso pelos investigadores GOI e encaminhado para a DEPAC Piratininga, enquanto Cecílio foi preso por uma equipe policial militar.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here