O secretário municipal de Governo, Celso Schuch, classificou como “curiosa” a decisão do Simted de anunciar a paralisação dos professores “caso não recebam seus salários até sexta-feira”.

 

Schuch considera uma ameaça descabida, considerando que a Prefeitura está se esforçando no sentido de pagar os salários não apenas dos professores mas de todos os servidores municipais em dia, no quinto dia útil como preconiza a legislação.

“E ainda que isso não fosse possível, tendo em vista os enormes problemas financeiros que assolam as administrações municipais neste modelo de Federação que concentra as arrecadações em outros níveis – federal e estadual, trata-se de uma ameaça que só serve para causar pânico entre pais de alunos, ou seja, em nada contribui para a solução do problema”, disse o secretário.

Na opinião de Celso Schuch, esta situação criada pelo Simted gera insegurança e mal estar entre as partes, especialmente quando temos as portas abertas para o diálogo.

“Confiante em poder cumprir com o pagamento dos salários de todos os servidores dentro dos prazos estabelecidos por lei, estamos decepcionados com a atitude dos trabalhadores da educação de quem esperávamos que fossem menos afoitos”.

O secretário finalizou afirmando que “estão ameaçando greve, criando pânico entre os pais de alunos, por fatos que sequer ocorreram mesmo sabendo que a Prefeitura está se empenhando ao máximo para pagar os salários em dia”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here