O Grupo de Apoio e Proteção aos Animais (Gapa), com sede e atuação nas cidades de Corumbá e Ladário, pode ser declarado de utilidade pública. O Projeto de Lei 20/2020 foi apresentado nessa quinta-feira (20), durante sessão plenária, pelo deputado Marcio Fernandes (MDB).

De acordo com o documento, o grupo faz atendimento domiciliar com médico veterinário nas residências de famílias carentes, realizando consultas aos animais, além de tratamentos, quando necessário, bem como aplicações de medicamentos. “O Gapa recebe denúncias de maus tratos, apurando, em conjunto com a polícia ambiental, tais denúncias, instruindo e conscientizando a população acerca de maus tratos. Também são organizadores e responsáveis por campanhas de vacinação e castração, de cães e gatos, de forma gratuita”, complementou o parlamentar.

Fernandes reforçou ainda a importância das atividades do grupo. “Trata-se de uma atuação de grande relevância junto à sociedade, de utilidade pública, buscando, junto aos órgãos públicos, promover uma boa convivência entre humanos e animais”, disse. O projeto agora passará pela análise da Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJR).

Evellyn Abelha   

Foto: Luciana Nassar 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here