O dólar abriu em queda nesta segunda-feira (25), com os investidores de olho no noticiário político local e nos impactos da pandemia de coronavírus no Brasil. Às 9h10, a moeda norte-americana caía 1,26%, cotada a R$ 5,5137. Na mínima até o momento chegou a R$ 4,4882.

Na sexta-feira, o dólar fechou a R$ 5,5842, com leve alta de 0,06%. No ano, a moeda tem alta de 39,26%. Na parcial do mês, o avanço é de 2,66%.

Cenário externo e interno

Na cena doméstica, os economistas do mercado financeiro baixaram pela 15ª vez seguida a previsão para o Produto Interno Bruto (PIB) neste ano. A expectativa para o tombo da economia no ano passou de 5,12% para 5,89%. Já a projeção para a taxa de câmbio no fim de 2020 avançou de R$ 5,28 para R$ 5,40.

Pesquisa divulgada pela Fundação Getulio Vargas (FGV) mostrou leve alta na confiança dos consumidores em maio, com recuperação de apenas 13,2% da queda de 29,6 pontos acumulada nos dois meses anteriores.

No exterior, a reabertura da economia em mais países contribui para um maior otimismo dos investidores, apesar das persistentes incertezas sobre os impactos e duração da crise da pandemia do coronavírus.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here