Agentes ligados à Senad (Secretaria Nacional Antidrogas) destruíram 201 toneladas de maconha, ainda nas plantações,  em três dias de operações realizadas nos departamentos de Caaguazú e Canindeyú. Aárea está localizada dentro dos 25 mil  hectares da Reserva Morombí, no Paraguai, em regiões próximas à fronteira com o Brasil.

De acordo com o site Ligado na Notícia, a operação oi denominada Caaguazú e Canindeyú II e segundo cálculos da Polícia Paraguaia causou prejuízos aproximado de mais de US $ 6 milhões as ao tráfico de drogas.

Durante a operação, um total de 66 hectares de plantações de cannabis foram detectados e destruídos, com um potencial de produção final de pelo menos 198 toneladas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here