O motociclista Antônio Carlos Rodrigues, 42 anos, morreu atropelado por uma carreta bitrem sábado (11) à tarde, na rotatória da BR-163, saída de Campo Grande para São Paulo. Ele conduzia uma Honda CB 300.

A carreta era conduzida por um homem de 38 anos. Ele contou que estava vindo de Rondonópolis com o veículo carregado de milho. Ao chegar na rotatória na saída da cidade para São Paulo, precisou trocar de faixa para pegar a BR-163, em sentido a Dourados.  Ele então deu seta e assim que fez a manobra para trocar de pista, foi atingido pelo motociclista.

Para a equipe do Campo Grande News, o motorista garantiu ter olhado pelo retrovisor. Afirmou que mudou de faixa por não ter visto ninguém na pista e que só percebeu o acidente pelo barulho. Já para o delegado Nilson Friedrich, relatou ter visto apenas a luz do farol da moto e que foi avisado da colisão por outro motorista.

A moto bateu nas penúltimas rodas da carreta. Na queda, as rodas traseiras passaram por cima da vítima. Ela sofreu diversas fraturas, dilaceração de partes do corpo e morreu antes de receber qualquer socorro. “Não quis nem ver”, desabafou o caminhoneiro.

Ainda assim, equipes da CCR MSVia, PRF (Polícia Rodoviária Federal) e do Corpo de Bombeiros foram ao local. Segundo o delegado, o motociclista atingiu a carreta ao desrespeitar a sinalização.

Policiais civis da Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Cepol e o instituto de criminalística também foram acionados. O caso é registrado como homicídio culposo provocado pela própria vítima e será investigado pela Polícia Civil.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here