O Santos anunciou nessa sexta-feira a contratação do técnico Cuca. Aos 57 anos, ele retorna ao clube para uma terceira passagem. Será o substituto do português Jesualdo Ferreira, demitido na quarta-feira. Com contrato válido até março de 2021, o técnico chega ao clube junto com o auxiliar e irmão, Cuquinha, e o preparador físico Omar Feitosa.

Cuca passou pelo clube a primeira vez em 2008 e mais recentemente em 2018, quando deixou o comando do time por questões de saúde. O último trabalho dele foi no São Paulo, no ano passado. O técnico, na ocasião, foi vice-campeão paulista e se desligou do cargo em setembro, com a justificativa de que o estilo do elenco não condizia com a proposta de futebol que gostaria de aplicar.

Curiosamente, Cuca também teve uma passagem pelo Santos como jogador, em 1993. Foram 46 partidas e 15 gols marcados pelo então meio-campista. Como treinador, ele tem a Copa Libertadores de 2013 pelo Atlético-MG como a principal conquista. Outro feito importante foi com o Palmeiras, em 2016, quando ganhou o Campeonato Brasileiro com o time após um intervalo de 22 anos.

Ainda não é certo que o treinador comande o time já no domingo, na estreia pelo Campeonato Brasileiro diante do Red Bull Bragantino, na Vila Belmiro. Para isso, será preciso registrar o contato no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF ainda nesta sexta-feira. Se não houver tempo, a estreia dele será na próxima quinta-feira, no Beira-Rio, contra o Inter.

Em carta publicada no site do clube, Cuca disse estar motivado pelo desafio de comandar a equipe. “Assumo em um momento que o Santos passa por um processo de reestruturação, de organização do futebol, sem condições de fazer grandes investimentos. Estou muito motivado com essa responsabilidade e me sinto extremamente capacitado e comprometido em ajudar este processo”, afirmou.

A contratação de Cuca se dá em um contexto bastante conturbado no Santos. O clube vive crise financeira e política atualmente. O presidente José Carlos Peres reduziu os salários do elenco em 70% durante a pandemia e teve ainda problemas com atrasos no pagamento. Por causa disso, o atacante Eduardo Sasha e o goleiro Everson foram à Justiça para pedir rescisão contratual.

“Não venho pensando em questão financeira, mas sim no prazer de trabalhar no clube. Estou chegando ao Santos pelo desafio de fazer um bom trabalho, e acredito que podemos conseguir isso, pois o grupo é qualificado”, explicou Cuca. “O torcedor pode ter a certeza que estou muito contente pelo acerto e pelo desafio que será comandar a equipe. Será diferente também, por tudo que está acontecendo no mundo, com novas dificuldades, mas tenho certeza que, com muito trabalho, poderemos alcançar bons resultados”, completou. Com informações do Notícias ao Minuto.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here