O promotor de justiça Ronaldo Vieira Francisco, titular da 2ª Promotoria de Justiça, concedeu entrevista, ao vivo (por telefone), na manhã desta quarta-feira (25), para o jornalista Márcio Seraguci, no Programa Tribuna Livre da Rádio Difusora FM 91,9, e falou da transmissão de governo do atual prefeito Ronaldo Miziara (PSDB) para o futuro prefeito Maycol Queiroz (PDT) e também sobre a situação da saúde no Município de Paranaíba.

Em 37 municípios de Mato Grosso do Sul, onde prefeitos não foram reeleitos, os novos prefeitos terão o Ministério Público Estadual acompanhando essa transição, já que a equipe terá acesso às informações relativas às contas públicas, aos programas e aos projetos do governo municipal, evitando descontinuidade de programas, projetos e serviços essenciais e garantindo a lisura do serviço público como um todo.

Segundo o promotor Ronaldo, um dos setores da administração pública que merece uma atenção especial pelo momento que passa devido à pandemia de coronavírus é o da saúde, que, conforme declaração dele próprio, vai muito bem sob o comando da secretária municipal de Saúde, Débora Queiroz.

“A cidade está estruturada na questão da saúde pública né, é uma observação que eu faço, a nossa cidade hoje tem uma gestão de saúde de excelência, a secretária Débora trouxe as UTIs, o prefeito Ronaldo trouxe as UTIs, que serviram para salvar muitas pessoas. O que a gente percebe é que o município vem crescendo cada vez mais na área da saúde”, disse Ronaldo Francisco.

“No período da pandemia, eu externo minha opinião sempre, a gestão da saúde foi de extrema qualidade. A vinda da ambulância, a melhora neste sistema, a melhora na gestão dos serviços públicos na Santa Casa, isto tudo vem a somar para o município e as pessoas possam ter a segurança que o gestor vem fazendo um bom trabalho e quando o indivíduo precisar efetivamente de um serviço de saúde pública ele vai ter esse serviço à disposição”, completou Ronaldo.

O promotor destacou que a comissão de transição estará atenta não só na área da saúde para garantir a continuidade do que está dando certo, como também nas demais áreas da administração pública municipal, ou seja, nas demais secretarias.

Para a transição de governo o prefeito eleito tem de se reunir com o atual prefeito para definir quem irá compor a equipe e publicar um decreto municipal nomeando os integrantes desta equipe, o que até agora ainda não foi feito.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here