Uma grande força-tarefa foi montada pela Prefeitura de Corumbá para atender às famílias afetadas pela forte chuva desta madrugada, 13 de janeiro. De acordo com o CEMADEN (Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais), foram mais de 187 milímetros. O posto de atendimento funciona na sede da Escola Municipal José de Souza Damy, no bairro Cristo Redentor.O atendimento é multissetorial com serviços das secretarias Municipais de Assistência Social e Cidadania; de Infraestrutura e Serviços Públicos; Saúde; Governo; Planejamento e Projetos Estratégicos, de Desenvolvimento Econômico e Sustentável; de Segurança Pública e Defesa Social; Fundação de Meio Ambiente; da Agência Municipal de Proteção e Defesa Civil; Guarda Civil Municipal e da Coordenadoria de Fiscalização e Postura.

“Montamos esse ponto estratégico para o atendimento às famílias prejudicadas pela chuva e também para definição das ações da Prefeitura em conjunto com as Secretarias, para amenizar a situação daqueles que foram atingidos pelas chuvas”, disse o secretário Municipal de Governo, Eduardo Aguilar Iunes. Se for necessário, o Poliesportivo Lucílio de Medeiros está sendo preparado para abrigar quem ficou desalojado.

Um dos primeiros atendidos foi Rodrigo de Lima Soares. Morador na rua José Maciel de Barros, no Cristo Redentor, ele contou que a água da chuva tomou rapidamente a casa onde ele mora com a mulher e três filhos. “Perdi tudo, de repente a água começou a entrar e minha casa foi toda invadida pela água”, contou informando que os danos foram exclusivamente materiais.

“Estamos fazendo o levantamento de todas as famílias que ficaram desabrigadas ou que de alguma foram prejudicadas pelas chuvas. Também estamos verificando a situação de quem não tem como voltar para casa, para que possamos encaminhar para o ginásio poliesportivo. Estamos vendo ainda a situação de alimentação preparada, cesta básica, lona, colchões e pedimos doações à população de roupas e calçados. É uma ação conjunta da Prefeitura e suas secretarias”, disse a secretária Assistência Social e Cidadania.

A Defesa Civil está fazendo um levantamento em toda cidade para avaliar o risco de novos incidentes, já que a previsão meteorológica é de mais precipitações os próximos dias. O apoio das Forças Armadas também está sendo solicitado pela Prefeitura.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here