quarta-feira, setembro 22, 2021

Projeto prioriza idoso para tratamento de câncer

Aprovado por unanimidade pela Comissão de Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa da Câmara dos Deputados, o relatório favorável ao Projeto de Lei (PL) 6.606 de 2016 garante aos mais velhos o acesso imediato aos tratamentos disponíveis em caso de câncer. O relatório sobre a proposição é de autoria do deputado Geraldo Resende (MS).
O PL pretende alterar o artigo 3º da Lei 10.741 de 2003, o Estatuto do Idoso, assegurando efetiva prioridade a vida, determinando acesso imediato aos tratamentos quando diagnosticada a neoplasia maligna. “Quando atingimos uma determinada faixa etária, temos de priorizar o tempo para chegarmos até a cura. Existem tumores que são muito agressivos e o tempo é muito importante para que se combata a metástase”, afirmou Geraldo Resende, que é médico.
Resende defendeu que o tratamento dos idosos seja realizado o mais rápido possível, tendo em vista a fragilidade de pessoas com mais idade. “O projeto de lei vai forçar a melhora na qualidade dos serviços públicos de saúde, um maior investimentos nas unidades básica e especializada, bem como capacitação dos profissionais de saúde para o atendimento a este público crescente”, explicou.
Pela Lei 12.372, sancionada em 2012, os tratamentos contra o câncer deveriam ser iniciados em até 60 dias do diagnóstico. “Infelizmente esta legislação não está sendo cumprida. Com o projeto de lei de autoria do deputado Fausto Pinato, estamos salvaguardando a saúde daqueles que construíram nosso país”, finalizou Resende.

NotíciasRelacionadas

Próxima Notícia

Welcome Back!

Login to your account below

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.